Centros de Referência Especializados de Assistência Social - CREAS

Publicado em 5/12/2012 Imagem: Rogério Machado
Centro de Referência Especializado Cajuru
  • Centro de Referência Especializado Cajuru
  • Centro de Proteção Especializado
  • Atividade no Centro de Referência Especializado da Assistência Social
  • Mapa da Rede de Proteção Especial em Curitiba
  • Capa Protocolo de Gestão dos CREAS de Curitiba

Os Centros de Referência Especializados da Assistência Social - CREAS são unidades de serviços de proteção social especial (média complexidade), para atendimento de famílias e indivíduos em situação de risco pessoal e social. 

Risco social

Estar em situação de risco pessoal e social significa ter os direitos violados, ou estar em situação de contingência (pessoa com deficiência ou idosa necessitando de atendimento especializado). Normalmente, as pessoas em situação de risco social ainda estão convivendo com suas famílias.

O atendimento, personalizado e continuado, exige intervenções especializadas, e acontece desde a escuta, feita por profissionais da FAS, até os encaminhamentos para a rede de proteção social e o sistema de garantia de direitos.
.........................................................................................................................................

Objetivos:

- Fortalecer a família função de protetora de seus membros;
- Incluir as famílias na rede de proteção social e nos serviços públicos;
- Romper com o ciclo de violência no interior da família;
- Oferecer condições para reparar danos e interromper a violação de direitos;
- Prevenir a reincidência de violações de direitos.
............................................................................................................................................

Nos CREAS são atendidas(os):

Crianças, adolescentes e famílias vítimas de violência doméstica e/ou intrafamiliar: que acontecem nas situações de trabalho infantil, abuso e exploração sexual, violência física, psicológica e negligência, afastamento do convívio familiar por medida socioeducativa ou de proteção, discriminação, e outras situações (ver pág 18 da Tipificação dos Serviços). 

Adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa em meio aberto (Liberdade Assistida e Prestação de Serviços à Comunidade).

Mulheres e pessoas idosas, vítimas de violência doméstica/intrafamiliar.

Famílias e indivíduos em situação de rua; com pessoas abrigadas ou egressas do acolhimento institucional; com usuários de substâncias psicoativas; com idosos atendidos em Centro Dia; ou que necessitam de serviços de habilitação e reabilitação para pessoas com deficiência.
..........................................................................................................................................

Como acessar os serviços:

Crianças e adolescentes normalmente são encaminhados pelo Conselho Tutelar, ou por pessoas que espontaneamente buscam apoio por elas. Também podem buscar sozinhas este amparo, assim como as demais pessoas vítimas de violência. Sobre trabalho infantil, saiba onde denunciar.
..........................................................................................................................................

Em Curitiba os CREAS estão estruturados em duas modalidades:

Creas localizados por abrangência geográfica de cada Núcleo Regional da FAS, e que oferecem os serviços especializados de média complexidade, em âmbito regionalizado.

Unidades especializadas de execução dos serviços de média complexidade a públicos específicos, em âmbito municipal. É o caso do CREAS Cristo Rei que atende crianças e adolescentes vítimas de violência sexual (e suas famílias), e do CREAS para a População em Situação de Rua.
.........................................................................................................................................

Dias e horários de atendimento nos CREAS:

Segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas.
........................................................................................................................................

Protocolo de Gestão dos CREAS

O Protocolo de Gestão dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social de Curitiba, construído em diferentes níveis de participação, apresenta os referenciais teóricos e operacionais do trabalho das equipes multidisciplinares que prestam atendimento a famílias e indivíduos com direitos violados, em decorrência das situações de violência vivenciadas.

Compartilhe
Topo
rodape esquerdo

Fundação de Ação Social

Rua Eduardo Sprada, 4520   |   3350-3500   |   CEP 81270010   |   Curitiba   |   PR

Todos os direitos reservados    |    Política de Privacidade

rodape direito