Serviços de Proteção Social Especial - Média Complexidade

Serviços de prevenção na área de Proteção Social Especial - Média Complexidade são ações interdisciplinares, para a população com direitos violados, visando fortalecer os vínculos familiares, prevenir o abandono e a institucionalização, enfrentar estigmas e preconceitos, assegurar proteção social imediata e atendimento imediato.

Os serviços são executados nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social - CREAS e nas demais unidades específicas, próprias da FAS.

São atendidas as pessoas em situação de ameaça e violações de direitos por abandono, violência física, psicológica ou sexual, exploração sexual comercial, situação de rua, de trabalho infantil, em cumprimento de medidas protetivas ou socioeducativas, e outras formas de submissão que provocam danos e agravos físicos e emocionais.

O atendimento também é prestado por equipes em territórios e domicílios, com serviços articulados com o Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Conselhos Tutelares e outras organizações de defesa de direitos, formando uma rede efetiva de proteção social.

Serviços no CREAS, com natureza especializada e continuada

PETI - Programa de Erradicação do Trabalho Infantil
Apoio e acompanhamento de famílias que não cumprem as condicionalidades do programa, com objetivo de retirar crianças e adolescentes do trabalho, mantê-los na escola e promover a inserção social.

Medida socioeducativa em meio aberto
Os adolescentes que cumprem medidas socioeducativas em meio aberto e suas famílias (Liberdade Assistida e Prestação de Serviços à Comunidade) são acolhidos, encaminhados e acompanhados  no cumprimento das medidas. O atendimento é realizado em consonância com o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo - SINASE.

Rede de Proteção à Criança e Adolescente em Situação de Risco para a Violência
O CREAS está integrado à Rede de Proteção, contribuindo para a redução da violência contra a criança e o adolescente, principalmente no que se refere à violência doméstica e/ou intrafamiliar.

Atendimento a Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e/ou Intrafamiliar
São realizados procedimentos para acesso aos serviços da Rede de Atenção à Mulher (articulada pela Secretaria Municipal da Saúde), acompanhamento dos casos e apoio nas situações de emergência.

Atendimento a idosos em situação de vulnerabilidade e violência
São realizadas ações de acolhimento, acompanhamento, acesso aos serviços da rede de proteção social.

Atendimento à população em situação de rua
Atendimento social que abrange abordagem de rua, encaminhamentos  e acompanhamento social.


Serviços de média complexidade, em outras unidades de atendimento:

CREAS Cristo Rei
Atendimento a crianças e adolescentes (e suas famílias) vítimas de violência e/ou exploração sexual, com ações especializadas nas áreas psicossocial, jurídica e pedagógica.

Centro de Convivência Criança quer Futuro
Atendimento de crianças e adolescentes de 7 a 17 anos em situação de risco e vulnerabilidade social, que fazem das ruas o seu espaço de vida.  

Centro Pop Resgate Social
Atendimento social emergencial à população adulta em situação de rua. Os serviços abrangem a abordagem de rua, cuidados de higiene e alimentação, albergagem, atendimento de saúde, triagem (para identificar o que precisa), investigação social (cadastro e entrevista) e encaminhamentos necessários para a rede de proteção social.

Serviço de Atendimento ao Vitimizado - SAV - para crianças, adolescentes e idosos vitimizados no domicílio. Realiza a Abordagem Integrada de Fiscalização Urbana, em estabelecimentos comerciais, a partir de denúncias de exploração sexual, trabalho infantil e uso de drogas.
 
Casa da Acolhida e do Regresso
Atendimento à população migrante ou itinerante, encaminhada ou que busca os serviços. São realizados a triagem, encaminhamento para albergagem temporária, concessão de passagens para retorno ao município de origem, orientações e encaminhamentos sociais necessários.

Centros de Convivência Amigo Curitibano     
Atendimento a pessoas com deficiência, família e cuidadores, com ações de habilitação e reabilitação. 

Centro Dia para Pessoa Idosa
Desenvolvido em parcerias com entidades sociais, atende pessoas idosas semidependentes, que não podem permanecer sozinhas em casa, durante o dia.

Ambulatório Cara Limpa
Atendimento de adolescentes, usuários de substâncias psicoativas, bem como suas famílias, com serviços terapêuticos especializados, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

Unidade Justiça e Cidadania

Autores de infração penal são encaminhados para prestação de serviços comunitários, junto à Fundação de Ação Social, órgãos municipais e entidades conveniadas. As equipes do CREAS realizam o acompanhamento social.

Compartilhe
Topo
rodape esquerdo

Fundação de Ação Social

Rua Eduardo Sprada, 4520   |   3350-3500   |   CEP 81270010   |   Curitiba   |   PR

Todos os direitos reservados    |    Política de Privacidade

rodape direito