Fundação de Ação Social de Curitiba

Skip Navigation Links

Conselho da Pessoa Idosa elege representantes da sociedade civil

  • Conselho da Pessoa Idosa elege representantes da sociedade civil 2
  • Conselho da Pessoa Idosa elege representantes da sociedade civil3
  • Conselho da Pessoa Idosa elege representantes da sociedade civil4
  • Conselho da Pessoa Idosa elege representantes da sociedade civil5
  • Conselho da Pessoa Idosa elege representantes da sociedade civil6
  • Conselho da Pessoa Idosa elege representantes da sociedade civil 1
Publicado em 07/07/2017 Imagem: Ricardo Marajó/FAS imagem conteudo

Conselho da Pessoa Idosa elege representantes da sociedade civil 2

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI) elegeu, nesta quinta-feira (6/7), as entidades que vão representar a sociedade civil no órgão durante o biênio 2017/2019. Onze entidades estavam habilitadas para participar do processo eletivo e com direito ao voto para concorrer às dez vagas disponíveis.

Entre as entidades de defesa de direitos e de atendimento à pessoa idosa nas diversas modalidades foram eleitos o Centro de Assistência Social Divina Misericórdia; Associação Paranaense dos Portadores de Parkinson; Pequeno Cotolengo do Paraná Dom Orione; Associação Fênix; Liga Paranaense de Combate ao Câncer (LPCC), Agência Nacional em Mobilidade (Anamob) e a Associação dos Amigos do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Para representar as entidades de profissionais que trabalham atuam na área de gerontologia foram eleitas a Associação Nacional de Gerontologia do Paraná (ANG-PR) e Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito-8), únicas a participar da eleição na categoria.

As entidades de classe vinculadas a pessoas idosas aposentadas serão representadas pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP).

A Associação Cristã Mennonita - Lar Betesda que concorria na categoria de defesa dos direitos recebeu o menor número de votos e, por isso, ocupa o cargo de suplente.

A posse acontecerá no próximo dia 31. A assembleia foi acompanhada pela promotora de Justiça Cynthia Maria de Almeida Pierri, da 2ª Promotoria de Justiça de Proteção à Pessoa Idosa de Curitiba; pelo assessor jurídico da Fundação de Ação Social (FAS), procurador Paulo de Tarso; e pelo vice-presidente do Conselho Estadual dos Direitos do Idoso (Cedi), José Araújo.

Conselho

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa é um órgão colegiado de caráter consultivo, deliberativo, controlador e fiscalizador da política da pessoa idosa no município. Criado em 2006, é composto de forma paritária por 20 conselheiros, sendo dez representantes do poder público municipal e dez da sociedade civil. Cada conselheiro titular tem um suplente. Ao CMDPI cabe apreciar, aprovar e apoiar projetos para a área da pessoa idosa, conforme critérios e recomendações previamente estabelecidos.

Fundação de Ação Social

Rua Eduardo Sprada, 4520|3350-3500|CEP 81270010|Curitiba - PR|Todos os direitos reservados|Política de Privacidade

Desenvolvido por ICI - Instituto das Cidades Inteligentes