Fundação de Ação Social de Curitiba

Skip Navigation Links

Prefeitura promove sensibilização contra o trabalho infantil

  • Prefeitura promove sensibilização contra o trabalho infantil 01
  • Prefeitura promove sensibilização contra o trabalho infantil 02
  • Prefeitura promove sensibilização contra o trabalho infantil 03
  • Prefeitura promove sensibilização contra o trabalho infantil 04
  • Prefeitura promove sensibilização contra o trabalho infantil 05
  • Prefeitura promove sensibilização contra o trabalho infantil 06
  • Prefeitura promove sensibilização contra o trabalho infantil 07
  • Prefeitura promove sensibilização contra o trabalho infantil 08
  • Prefeitura promove sensibilização contra o trabalho infantil 09
Publicado em 17/07/2017 Imagem: Ricardo Marajó/FAS imagem conteudo

Prefeitura promove sensibilização contra o trabalho infantil 01

Para sensibilizar a população para o enfrentamento ao trabalho infantil, a Prefeitura de Curitiba realizou na sexta-feira (14) uma ação na Praça Osório, centro da cidade. Técnicos da Fundação de Ação Social (FAS) e estudantes do curso de Serviço Social da Uninter percorreram a região, conversando com os feirantes que participam da Feira de Inverno e com as pessoas que visitaram e passaram pelo local.

Durante as abordagens, o grupo distribuiu materiais informativos e os feirantes receberam ainda uma sacola. “Explicamos o que é o trabalho infantil e como a população pode denunciar. Nosso trabalho é preventivo e tem o objetivo de evitar que crianças e adolescentes menores de 16 anos trabalhem, perdendo assim a oportunidade de estudar e ter uma infância saudável”, disse a diretora da FAS, Renata Mareziuzek dos Santos.  

A ação foi desenvolvida em parceria com aproximadamente 20 estudantes da Uninter. Além do trabalho de sensibilização na rua, as alunas participaram no dia anterior de uma palestra feita pela equipe da FAS sobre o tema.

Segundo a professora Mariana Patrício Richter, a FAS é uma referência na construção da política da assistência social e a parceria entre a Fundação e a Uninter complementa o trabalho da academia, que é de orientar os estudantes.   

Sensibilização

A ação fez parte do Mês de Sensibilização Sobre o Trabalho Infantil: Identificar e Prevenir, que promoveu uma série de atividades em toda a cidade, desde o dia 12 de junho, data de celebração do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil.

Em Curitiba, como nos demais municípios, o enfrentamento ao trabalho infantil na área da assistência social acontece por meio de serviços de proteção social básica e especial, ofertados nos Cras e Creas. As ações são orientadas pelo Plano de Trabalho das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil.

O acesso aos serviços se dá pela identificação e encaminhamento após abordagem social pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), pelo Sistema de Garantia de Direitos, ou, ainda, pelos canais de denúncia Disque 100, Central 156 e Disque 181. Também pode acontecer por procura espontânea e por meio do trabalho social desenvolvido nos territórios, os quais devem comunicar os órgãos responsáveis, realizar o preenchimento da notificação obrigatória, a qual irá permitir a inserção da criança ou adolescente na Rede de Proteção.

Em Curitiba, foi instituída, também, a Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil (CMETI), que é composta por representantes do Poder Público, Conselhos de Direitos, Conselhos Tutelares e sociedade civil. De forma intersetorial, essa comissão articula ações a serem executadas para o enfrentamento ao trabalho infantil no município.

Dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e da FAS mostram que, em abril deste ano, Curitiba registrava 82 crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil.

 

Fundação de Ação Social

Rua Eduardo Sprada, 4520|3350-3500|CEP 81270010|Curitiba - PR|Todos os direitos reservados|Política de Privacidade

Desenvolvido por ICI - Instituto das Cidades Inteligentes