Fundação de Ação Social de Curitiba

Skip Navigation Links

Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores mostra alegria na avenida

  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 02
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 03
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 04
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 05
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 06
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 07
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 08
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 09
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 10
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 11
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 12
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 13
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 14
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 15
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 16
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 17
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 18
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 19
  • Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 20
Publicado em 10/02/2018 Imagem: Ricardo Marajó/FAS imagem conteudo

Com a marcha Que Bom que Você Veio, Rancho das Flores desfila alegria 02

O Rancho das Flores, o mais tradicional bloco de Curitiba, mostrou muita alegria e vitalidade no desfile do Carnaval 2018, neste sábado (10/2), na Rua Marechal Deodoro. Composto por aproximadamente 300 idosos que participam de grupos de convivência mantidos pela Fundação de Ação Social (FAS), o bloco entrou na avenida às 18h30, animando o público que estava nas arquibancadas e na rua participando da festa.

Ao som da marcha Que Bom que Você Veio, os idosos cantaram e dançaram durante todo o trecho destinado para o desfile, entre a Travessa da Lapa e a Avenida Marechal Floriano Peixoto. O tema deste ano foi composto e apresentado ao público na avenida por Roberto Guedes, Maurício Schäfer e Bruno Soares, do Conservatório de Música Popular Brasileira de Curitiba. A festa contou ainda com a parceria da Fundação Cultural de Curitiba (FCC).

“O Rancho das Flores é uma das festas populares que mais agregam aos nossos idosos. Eles vêm para a avenida trazendo suas histórias, com seus familiares. Aqui eles resgatam a cultura e o tempo deles, mostrando muita alegria e atitude positiva para a vida”, disse a presidente da FAS, Elenice Malzoni.  

O mestre-sala Elias Mokdese Filho, 85 anos, e a porta-bandeira, Wanda Pondan, 78 anos, abriram alas para a passagem do Rancho das Flores na avenida. Atrás deles, a destaque Leonir dos Santos, 83 anos, que participa do bloco desde a sua criação, em 1989. “O Rancho das Flores é vida, é dos idosos”, disse Leonir que faz a própria fantasia para os desfiles.

Nem mesmo a dificuldade de andar tirou do desfile Maria Souza Ribeiro, 88 anos, que há mais de 12 anos participa do bloco. Mesmo de bengala, ela cruzou a avenida com muita alegria. “Não abro mão do Rancho das Flores, aqui é muito bom e gostoso”, resumiu.

Eleni Cássia Vieira, 70 anos, contou que adora o Carnaval e desde que chegou a Curitiba, há cinco anos, vinda de Minas Gerais, descobriu o Rancho das Flores. “Busquei fazer atividades onde eu poderia conhecer pessoas que gostam do que eu gosto”, disse. Eleni é atendida no Centro de Atividades para Idosos (Cati) Água Verde, onde faz aulas de dança, yoga, pintura em tela e artesanato, tudo oferecido gratuitamente para a população. 

Como não se sentiram bem, dois integrantes do bloco participaram do desfile sendo transportados ppor uma Kombi da FAS. O desfile contou ainda com a participação de servidores da Fundação e os administradores regionais do Bairro Novo, Fernando Bonfim Wernek Bonfim, e do Cajuru, Márcio José Nunes.  

História

O bloco Rancho das Flores foi criado há 27 anos. Na época, o grupo tinha letra própria e as fantasias dos participantes eram criadas pelo estilista e carnavalesco paranaense Ney Souza, que entre as décadas de 60 e 80, foi destaque nos luxuosos bailes e concursos de fantasias que aconteciam, principalmente, no Rio de Janeiro. As pessoas idosas do Rancho das Flores é que confeccionavam as fantasias.

A partir de 1990, o Rancho das Flores passou a desfilar e participa da abertura do carnaval de rua de Curitiba, que integra o calendário anual de eventos direcionados à população idosa em Curitiba. Desde 2006, o desfile do Rancho das Flores é coordenado pela Fundação Cultural de Curitiba, organizadora do carnaval de rua de Curitiba.

Fundação de Ação Social

Rua Eduardo Sprada, 4520|3350-3500|CEP 81270010|Curitiba - PR|Todos os direitos reservados|Política de Privacidade

Desenvolvido por ICI - Instituto das Cidades Inteligentes