Fundação de Ação Social de Curitiba

Skip Navigation Links

Cresce emprego entre jovens curitibanos e procura por capacitações na FAS

  • Cresce emprego entre jovens curitibanos e procura por capacitações na FAS 01
  • Cresce emprego entre jovens curitibanos e procura por capacitações na FAS 02
  • Cresce emprego entre jovens curitibanos e procura por capacitações na FAS 03
  • Cresce emprego entre jovens curitibanos e procura por capacitações na FAS 04
  • Cresce emprego entre jovens curitibanos e procura por capacitações na FAS 05
Publicado em 14/05/2018 Imagem: Ricardo Marajó/FAS imagem conteudo

Cresce emprego entre jovens curitibanos e procura por capacitações na FAS 01

No primeiro trimestre de 2018, 4,8 mil jovens de 18 a 24 anos conseguiram uma vaga de trabalho com carteira assinada em Curitiba, número 61% superior ao do mesmo período do ano passado (2.986). Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. O saldo representa a diferença entre admitidos e demitidos.

Curitiba teve o terceiro melhor resultado entre as capitais, atrás apenas de São Paulo (24.651) e Rio de Janeiro (4.944).  A maior parte dos empregos curitibanos foi gerada no setor de Serviços, com uma participação de 79% do saldo (3.799 vagas). Em segundo lugar vem o Comércio, com 9,1% (435), seguido pela Indústria, com 6,7% (324), e a Construção Civil, com 5,2% (248).

Os jovens que buscam o primeiro emprego foram muito afetados pela crise econômica e amargaram, durante a recessão, índices de desemprego acima da média. “Esse desempenho é também uma indicação de recuperação da economia mais rápida em Curitiba”, diz Julio Suzuki Júnior, diretor presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes).

Entre as contratações, os números do Caged mostram destaque para operador de telemarketing, assistente administrativo, cobrador interno e auxiliar de escritório.

Roberta Carnasciali dos Santos, gerente do programa Mobiliza, da FAS Trabalho, conta que muitos jovens têm buscado capacitação nos cursos de preparação para o mercado promovidos pela Prefeitura de Curitiba.

O programa Mobiliza, desenvolvido pela FAS para despertar competências e habilidades para o trabalho, capacitou 828 pessoas no ano passado. “Para este ano prevemos ter mais 850 jovens nos nossos grupos”, diz ela. 

Criado em 2014, o programa é realizado nos 45 Centros de Referência da Assistência Social (Cras) existentes em Curitiba, unidades que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social. São 24 oficinas, com temas como motivação, liderança, conhecimento técnico, autoconhecimento e outros aspectos do mercado de trabalho. A ideia é trabalhar também o aumento da confiança e da autoestima.

O Mobiliza é voltado para pessoas a partir dos 14 anos e abrange também adolescentes interessados em vagas para aprendiz. No primeiro trimestre desse ano, foram contratados 250 jovens como aprendizes nas empresas de Curitiba.

Fundação de Ação Social

Rua Eduardo Sprada, 4520|3350-3500|CEP 81270010|Curitiba - PR|Todos os direitos reservados|Política de Privacidade

Desenvolvido por ICI - Instituto das Cidades Inteligentes